Reflexões

Quando Eu Vir O Sangue Passarei Por Vós (parte 6)

O AGENTE ESCRAVIZADOR – O Pecado

 

E, passando YHVH por diante dele (Mosheh), clamou: YHVH YHVH El (Echad) compassivo, clemente e longânime e grande em misericórdia e fidelidade; que guarda a misericórdia em mil gerações, que perdoa:

  • a iniquidade – avon
  • a transgressão – pesha’
  • e o pecado – chataah,

ainda que não inocenta o culpado, e visita a iniquidade dos pais nos filhos e nos filhos dos filhos, até à terceira e quarta geração!” Shemot 34:6,7

Ruach HaKodesh nos mostra que a velha natureza, a natureza má, presente em todo ser humano desde a sua concepção, e que somente pode ser remido pelo sangue do Cordeiro, se manifesta como:

  • Iniquidade – avon: perversidade, da raiz avah – curvar, torcer: Tehilim 38:7,5;  Shemuel Álef 20:30; Shemuel Bet 19:20; Melachim Álef 8:47; Yeshaiahu 21:3
  • Transgressão (pesha): revolta, rebelião contra autoridade legal: Hoshea 8:1; Tehilim 51:15; Mishle 10:12; 28:21
  • Pecado (chatah): errar o alvo:  Shofetim 20:16; Melachim Álef 8:47; Yeshaiahu 43:27; 1 Jo 3:4

“Porque todos pecaram, erraram o Alvo, e não atingem, falham em alcançar o Alvo – A Glória de Deus, Suas Perfeições!” Romim 3:23

 

A Solução, do santo, para o Pecado

“Setenta setes estão determinados sobre o teu povo (Israel) e sobre a tua santa cidade (Yerushalayim), para:

  • fazer cessar (lekale) a transgressão – pesha’,
  • para dar fim (lehatem) aos pecados – chatat,
  • para expiar (lekapper) a iniquidade – avon

[Kippur, pelo sangue de Seh HaElohim – Yeshua HaMashiach – 1ª vinda]

para trazer a Justiça eterna, para selar a visão e a profecia e para ungir o Santo dos Santos.”  Daniel 9:24

[Tzemach Tzadik – Yeshua HaMashiah, O Leão de Judá  – 2ª vinda]

 

A Redenção “do escravo do pecado”

Eu sou YHVH, vosso Deus, que vos tirei da terra do Egito, para que não fôsseis seus escravos; quebrei os timões do vosso jugo e vos fiz andar eretos Eu, Eu sou YHVH, e fora de Mim não há salvador não te dei trabalho com ofertas de manjares, nem te cansei com incenso. Não Me compraste por dinheiro cana aromática, nem com a gordura dos teus sacrifícios Me satisfizeste, mas Me deste trabalho com os teus pecados e Me cansaste com as tuas iniqüidades. Eu, Eu mesmo, sou O que apago as tuas transgressões por amor de Mim e dos teus pecados não Me lembro.” Vaicra 26:13; Yeshaiahu 43:23-25

“Sendo justificados gratuitamente, por Sua graça, mediante a redenção que há em Yeshua Mashiach.” Romim 3:24

Todo ser humano é um transgressor da Justiça de Deus, o que o faz um escravo do pecado. Assim declarou Adon Yeshua aos judeus que haviam crido nEle e que O interpelavam:

“Replicou-lhes Yeshua: Em verdade (Amém), em verdade (Amém) vos digo: todo o que comete pecado é escravo do pecado. O escravo não fica sempre na casa; o filho, sim, para sempre. Se, pois, o Filho (Mishley 30:4; Yeshaiahu 9:5(6))) vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” Yochanan 8:34-36

Portanto, a solução para o pecador está em sua redenção, porém, como escravo, jamais pode redimir ou resgatar a si mesmo e, como disse Adon Yeshua, um dia terá que se retirar!

O preço para a redenção, o resgate?

A Torah determina: “A alma que pecar, essa morrerá!” Yechezqel 18:4,20

Portanto, o preço do resgate é a vida! Mas, vida por vida, isto é, vida de Homem livre por vida de um escravo! (Shemot 21:23) Portanto:

“É impossível que sangue de touros e de bodes remova pecados.” ‘Ivrim 10:4

E “Ao irmão, verdadeiramente, ninguém o pode remir, nem pagar por ele a Deus o seu resgate (Pois a redenção da alma deles é caríssima, e cessará a tentativa para sempre.)” Tehilim 49:7,8

Uma vez que o pecado é contra o Deus Eterno, o pagamento tem que ter eficácia eterna! Portanto, jamais poderá ser feito por alguém finito e sob escravidão!

Por isso as Boas Novas de Deus revelam que Ele mesmo, o Deus Eterno, (Yeshaiahu 7:14; 9:5,6[6,7]) Se fez homem para pagar o preço – o resgate, morrendo.

Por ser Eterno, Sua morte quitou eternamente a dívida para com a Justiça Eterna, colocando à disposição do pecador – gratuitamente, de graça – esta redenção – libertação mediante o pagamento do resgate – HaPessach!

Esta obra do Mashiach é o cumprimento de todos os tipos e profecias do Tanach referentes à redenção!

 

yeshua Hamashiach – Hakippurim olam

 

“Mashiach Yeshua, a Quem Deus propôs como Kapparah (sacrifício expiatório), mediante a fé no seu sangue para manifestar a Sua Justiça.” Romim 3:25

 

A Tampa da Arca – HaKapporet ou Lugar de Misericórdia era aspergido com o sangue do bode expiatório no Yom HaKippurim – o Dia das Expiações (Vaicra 16:15), representando, em figura, a execução da sentença justa da Torah, transformando o tribunal em um propiciatório, em lugar de misericórdia, lugar de comunhão (Shemot 25:21,22).

Mas, tem que ser aspergido com o sangue que faz kippur! Sem haddam, eis o que aconteceu aos homens de Beit-Shemesh:

“Feriu YHVH os homens de Beit-Shemesh, porque olharam para dentro da arca de YHVH, sim, feriu deles 50.070 homens; então, o povo chorou, porquanto YHVH fizera tão grande morticínio entre eles. Então, disseram os homens de Beit-Shemesh: Quem poderia estar perante YHVH, este Deus santo?” Shmuel Álef 6:19,20

A resposta é categórica: Ninguém! Somente se apresentar haddam que faz kippur!  

A Verdade testificada:

  • pela sombra – os sacrifícios do Tanach, e
  • pela realidade – o seu cumprimento no Brit Chadashah,

é que HaMashiach satisfez completamente as justas exigências de um Deus Santo, quanto ao julgamento do pecado, com Sua morte no madeiro (Devarim 21:22,23).

Assim, a morte de Yeshua é o sacrifício final que completamente satisfez a demanda de Deus contra o pecado, desviando a Sua ira, podendo ser Ele propício, favorável ao pecador, àquele que, crendo em Sua obra, declara ser Ele Fiel e Verdadeiro!

A propiciação não tem a intenção de aplacar um Deus vingativo, mas, antes, satisfazer a justiça de um Deus Santo, tornando, assim, possível a Ele demonstrar misericórdia com justiça.

 

 continua…