Reflexões

Quando Eu Vir O Sangue Passarei Por Vós (parte 2)

ISRAEL, NAÇÃO SACERDOTAL, e seu sacerdócio

 

No Plano Eterno de Deus, Israel deveria ser uma nação sacerdotal, constituída nas coisas concernentes ao Deus vivo a favor das nações (Shemot 19:6).

Por este motivo, HaShem lhe deu a Torah e lhe revelou, através de Seus servos haneviim, todas as credenciais do Mashiach, sendo unicamente a nação de Israel capaz de reconhecê-Lo quando o tempo determinado (moed), o tempo (moed) da sua visitação viesse a termo, quando HaMashiach Se apresentaria a Israel como seu Rei, Justo e Salvador, Humilde, montado em um jumentinho, cria de jumenta – Zechariah 9:9.

Assim, por causa da elevada posição de Israel diante das nações, Mashiach Yeshua deu as seguintes instruções aos doze, na ocasião em que os enviou, sob Sua autoridade como HaMelech, a proclamar “está próximo o Reino dos Céus”, conforme está escrito em Matai 10:5-7,1-4:

“A estes doze enviou Yeshua, dando-lhes as seguintes instruções: Não tomeis rumo aos goyim, nem entreis em qualquer cidade de Shomron; em vez disso, de preferência procurai as ovelhas perdidas da casa de Israel…” Matai 10:6

Esta foi a nação que HaShem criou, preparou e capacitou, pela Torah e HaNeviim, para reconhecer HaMelech – O Rei!

Porém, como já havia sido revelado por Elohey Israel, os construtores de Israel haveriam de rejeitá-Lo, levando muitos consigo nesta rebelião contra a Sabedoria – Chokhmah (Mishley 8) e Poder (Shmuel Álef 2:10) de Deus: MeshichO – Seu Mashiach!

“A Pedra que os construtores (הַבּוֹנִים) rejeitaram, Essa veio a ser a Cabeça da esquina פִּנָּה לְראֹשׁ.” Tehilim 118:22

Kefas, judeu de Galil, no poder de Ruach HaKodesh, ao ser interpelado:

  • pelas autoridades, os anciãos e os mestres da Torah,
  • com o kohen hagadol Anan, Kayafa, Yochanan, Alexandre e
  • todos os que eram da linhagem do kohen hagadol,

“com que poder, ou, em nome de quem” fora curado o coxo à Porta Formosa HaSha’ar Mehuddar do Beit HaMikdash, em Jerusalém, respondeu:

“Tomai conhecimento vós todos (autoridades e anciãos) e todo o povo de Israel de que, em Nome de Yeshua HaMashiach miNatzerat, a Quem vós crucificastes, e a Quem Deus ressuscitou de entre os mortos, sim, em Seu Nome é que este está curado perante vós Este Yeshua é Pedra rejeitada por vós habonim – os construtores, a Qual (Hu HaEven) Se tornou a Cabeça da esquina, (לְראֹשׁ פִּנָּה).” Ma’sey Hashelichim 4:5-11

Ruach HaKodesh nos dá, nesta passagem, através de Kefa, a interpretação de Tehilim 118:22.

É necessário entender o que o Eterno já havia revelado: que Yeshua seria rejeitado pela cúpula político/religiosa de Israel – habonimos construtores de Israel : as autoridades, os anciãos e os mestres da Torah, hakohen hagadol Anan, Kayafa, Yochanan, Alexandre e todos os que eram da linhagem do kohen hagadol (vv5,6).

A Sabedoria de Deus e O Poder de Deus – Yeshua foi rejeitado pelos construtores de Israel, porque eles estavam cheios de sabedoria e justiça próprias, não havendo lugar para a Justiça de Deus – Tzidekat Elohim, Adon Yeshua, HaSeh shel Pessach – A Pedra Principal em seus corações!

O Eterno havia exortado habonim, moshley ha’am Israel, através dos neviim, dizendo:

“Ouvi, pois, a Palavra de YHVH, homens escarnecedores, que dominais este povo (אַנְשֵׁי לָצוֹן מֹשְׁלֵי הָעָם) que está em Jerusalém. Porquanto dizeis: Fizemos aliança com a morte e com o sheol fizemos acordo; quando passar o dilúvio do açoite, não chegará a nós, porque, por nosso refúgio, temos a mentira e debaixo da falsidade nos temos escondido.

Portanto, assim diz Adonai YHVH: Eis que eu assentei em Tzion (יִסַּד בְּצִיּוֺן) uma Pedra, Pedra já provada, Pedra preciosa de esquina, solidamente assentada (אָבֶן אֶבֶן בֹּחַן פִּנַּת יִקְרַת מוּסָד); aquele que crer não foge   (הַמַּאֲמִין לֺא יָחִישׁ). Farei do juízo a régua e da justiça, o prumo; a saraiva varrerá o refúgio da mentira, e as águas arrastarão o esconderijo.” Yeshaiahu 28:14-16

“Ouvi, agora, isto, vós, cabeças de Yaaqov, e vós, chefes da casa de Israel, que abominais o juízo, e perverteis tudo o que é direito, e edificais Tzion com sangue e a Jerusalém, com perversidade. Os seus cabeças dão as sentenças por suborno, os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro; e ainda se encostam a YHVH, dizendo: “Não está YHVH no meio de nós? Nenhum mal nos sobrevirá.” Portanto, por causa de vós, Sião será lavrada como um campo, e Jerusalém se tornará em montões de ruínas, e o Monte do Templo, numa colina coberta de mato.” Micha 6:5

Estas autoridades levaram muitos consigo, conforme os repreendeu Adon Yeshua, no Beit HaMikdash:

“Ai de vós, mestres da Torah e p’rushim, hipócritas! Fecham o Reino dos Céus diante dos homens, vocês mesmos não entram, nem permitem entrar os que desejariam fazê-lo… Ai de vós, mestres da Torah e p’rushim, hipócritas! Percorrem terra e mar para fazer um prosélito e, quando conseguem, o tornam duas vezes mais filho do Gei-Hinnom, do que vocês!Matai 23:13,15

“O teu povo (Israel) é como os sacerdotes aos quais acusa. Por isso, tropeçarás de dia, e o profeta contigo tropeçará de noiteO Meu povo (Israel) está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porque tu, sacerdote, rejeitaste o conhecimento, também Eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de Mim; visto que te esqueceste Torat Eloheycha, também Eu Me esquecerei de teus filhos. Quanto mais estes se multiplicaram, tanto mais contra Mim pecaram…” Hoshea 4:4-7

Por isso Yeshua HaMashiach advertiu os discípulos, que foram ouvi-Lo no monte, (Matai 5:1): “se a vossa justiça não exceder em muito a dos mestres da Torah e dos p’rushim, jamais entrareis no Reino dos Céus.” Matai 5:20

“YHVH disse… Este povo se aproxima de Mim, e com a sua boca e com os seus lábios Me honra, mas o seu coração está longe de Mim e o seu temor para Comigo consiste só em mitzvat de homens que maquinalmente aprendeu.” Yeshaiahu 29:13:

A santidade exigida pelo Eterno para comunhão com Ele não é aquela estipulada ou engendrada por mandamentos de homens, como Ele adverte, mas, é Ele mesmo, como fez registrar na Torah!

 קְדֹשִׁים  תִּהְיוּ כִּי קָדוֹשׁ אֲנִי יהוה אֱלֺהֵיכֶם – Vaicra 19:2

Porque não temeram a YHVH Tzvaoth nem O santificaram (Yeshaiahu 8:13; Kefa Álef 3:15), JHVH, manifestado em carne: HaEven Pinah beTzion, Ele Se tornou:

"לְֶאֶבֶן נֶגֶף וּלְצוּר מִכְשׁוֺל  – Pedra de tropeço e Rocha de ofensa às duas casa de Israel (Israel e Judá), laço e armadilha aos moradores de Jerusalém.” Yeshaiahu 8:14; Kefa Álef 2:7-8.

Tornou, pois, Deus “insensível o coração deste povo, endurece[u]-lhe os ouvidos, e fech[ou]-lhe os olhos, para que não venha ele a ver com os olhos, a ouvir com os ouvidos, e a entender com o coração e se volte e seja sarado.” Yeshaiahu 6:10; Matai 13:13-15.

Cinco dias antes de Pessach (Yochanan 12:1,12), “Yeshua, quando ia chegando, vendo a cidade chorou sobre ela, dizendo: Ah! Se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! (הַיּוֹם גַּם אַתְּ אֶת אַשֶׁר אֱלֵי שָׁלוֹם) Mas, agora isto está encoberto aos teus olhos (אֶלֶּא שֶעַתָּה נִסְתָּר הוּא מֵעֵינַיִךְ). Pois, sobre ti virão dias em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras e, por todos os lados, te apertarão o cerco; e te arrasarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra (Michah 3:12), pois que não reconheceste o tempo (מוֹעֵד) da tua visitação.” Lukas 19:40-44

“Este é o dia que YHVH fez: regozigemo-nos e alegremo-nos nele. Agora YHVH salva-nos, nós Te pedimos! Agora YHVH faze-nos prosperar!” Tehilim 118: 24,25

!אָנָּא יהוה הוֹשִׁיעָ נָּא אָנָּא יהוה הַצְלִיחָה נָּא

Com o desenrolar da história desta nação a qual, embora tenha sido designada para exercer o sacerdócio entre as nações e preparada para reconhecer e receber HaMashiach shel Israel, alguns não creram e rejeitaram O Esperado.

Ruach HaKodesh, através de Shaul, antecipadamente levanta a questão:

“Qual é, pois, a vantagem do judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão?Romim 3:1

Pois, o Meu povo tem sido ovelhas perdidas; seus pastores as fizeram errar e as deixaram desviar para os montes; do monte passaram ao outeiro, esqueceram- se do seu redil. Todos os que as acharam as devoraram; e os seus adversários diziam: Culpa nenhuma teremos; porque pecaram contra YHVH, a Morada da Justiça (נְוֵה־צֶדֶק), e contra a Esperança de seus pais – YHVH.” Yirmiahu 50:6,7

Com toda ênfase, Ruach HaKodesh responde a este questionamento:

“Muita, sob todos os aspectos! Primeiramente, porque aos judeus foram confiadas as Palavras de Deus!”

Com esta firme declaração, Ruach HaKodesh está enfatizando: Israel tem o Sacerdócio diante das nações! No Desígnio Eterno de Deus, o Seu propósito primeiro para Israel foi o de entregar aos seus cuidados a Sua Palavra, revelando-A tão somente a esta nação!

E daí?

Se alguns judeus não creram, a incredulidade deles poderia desfazer a fidelidade de Deus?

Elohey Israel é A Verdade e O Verdadeiro. Ele é Elohey Amen – Deus da Verdade (Yeshaiahu 65:16); YHVH, El Emet –YHVH, Deus da Verdade (Tehilim 31:6)!

Portanto, Ruach Hakodesh, como resposta a este questionamento, usa a mais forte negativa da língua grega: De maneira nenhuma – mè guénoito!

 

!חָלִילָה

“Continue Deus sendo achado, encontrado Verdadeiro” pelas Suas criaturas, “embora todo homem seja encontrado mentiroso, conforme Tehilim 116:11!

A análise dos atos de Deus pelas Suas criaturas, em todas as esferas, traz à luz o fato: Ele é Verdadeiro e, portanto, jamais falhará em cumprir a Sua Palavra, Ele é fiel! É o Seu caráter!

“Povo meu, lembra-te, agora, do que maquinou Balaq, rei de Moav, e do que lhe respondeu Bil’am, ben Beor, e do que aconteceu desde Shitim até Gilgal, para que conheças os atos de justiça de YHVH –  צִדְקוֺת .יהוהMicah 6:5

“YHVH, Tu és o meu Deus; exaltar-Te-ei a Ti, e louvarei o Teu Nome, porque tens feito maravilhas, e tens executado os Teus conselhos antigos, fiéis e verdadeiros.” Yeshaiahu 25:1

(אֱמוּנָה אֹמֶן) – emunah omen: No cerne do significado da raiz, aman, está a idéia de certeza, firmeza. Na conjugação Hiphil (causativa) está a expressão bíblica ‘crer’, e mostra que a fé bíblica é garantia, uma certeza. “Theological Wordbook of The Old Testament”, p.51, 116 אָמַן.

Portanto, se somos infiéis, Ele permanece fiel, pois, de maneira nenhuma pode negar-Se a Si mesmo!

Assim, Deus não reage ao homem, mas, Ele age, independentemente do que possa fazer ou querer o homem, apenas revelando, em Suas ações, o Seu caráter imutável, santo e perfeito!

Como está escrito em Tehilim 51:4: “Para que sejas justificado nas Tuas Palavras”declarado, reconhecido justo, “e venhas a vencer, prevalecer quando fores julgado.”

Será Deus injusto por aplicar a Sua ira sobre os judeus? E, falando como homem, seria Deus injusto uma vez que a sua injustiça traz a lume a justiça de Deus?

Pode Deus deixar de ser o que é: Santo, portanto, Justo?

Novamente, a ênfase na resposta de Ruach HaKodesh é: De maneira nenhuma – mè guénoito!

 

!חַס וְחָלִילָה

Se fosse o caso, de Deus ser injusto em julgar os judeus infiéis, então, Ele seria barrado de julgar o mundo, portanto, de ser Justo!

Deus é santo! Isto quer dizer que Ele é Justo, Reto, completamente separado de toda iniquidade!

Sua santidade exige que, quando há quebra da justiça, da retidão, necessariamente, seja exercido o juízo!

Como está claramente demonstrado na Torah, a ira de Deus é a demonstração de Seu caráter santo contra a impiedade e injustiça dos que, não somente se destroem como, também, destroem outros, por ocultarem dolosamente a verdade!

Portanto, haverá um dia, o dia da ira, dia da manifestação do justo caráter do Santo, quando Sua trégua chegar ao fim, em que Ele, o Santo e Eterno Deus, haverá de revelar Seu o justo juízo, descarregando a Sua santa ira sobre a maldade, julgando e retribuindo a rebelião dos homens!

E isto sem acepção de pessoas, sem parcialidade! (Devarim 10:17)

“Eis que vêm dias, diz YHVH, em que castigarei a todos os circuncidados juntamente com os incircuncisos: a Mitzrayim, e a Yehudah, e a Edom, e aos filhos de Amon, e a Moav, e a todos os que cortam os cabelos nas têmporas e habitam no deserto; porque todas as nações são incircuncisas, e toda a casa de Israel é incircuncisa de coração… Tribulação e angústia virão sobre a alma de qualquer homem que faz o mal, ao judeu primeiro e também ao goy. Yirmiahu 9:25,26; Romim 2:9

O Eterno Deus, Ruach HaKodesh exorta e mostra que este raciocínio: de que Deus pode relevar a iniquidade no homem e que este pode se considerar acima do pecado como se isto pudesse acarretar ganho (Devarim 29:19; Yeshaiahu 28:14,15; Micah 3:11), revela, da parte de quem o formula, o desprezo “da riqueza da bondade, tolerância – uma trégua e longanimidade” como, também, ignorância de “que a bondade de Deus é que conduz ao arrependimento”, porque o Deus de amor já fez tudo para compartilhar a Sua glória com o pecador e, em Sua longanimidade, está dando tempo para que ele se arrependa!

Aquele que assim arrazoa, com conceitos tão vis, demonstra desconhecer completamente Elohey Israel! E é exatamente através de Sua testemunha, Israel, que Ele Se dá a conhecer, revelando Quem e como Ele é!

Ele pergunta a Israel, Sua vinha: “Que mais se podia fazer ainda à Minha vinha, que Eu lhe não tenha feito?” Yeshaiahu 5:4

Por isso, Adon Yeshua lamentou: “Examinais as Escrituras – HaKetuvim (Tanakh), porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas [HaKetuvim] que testificam de Mim. Contudo, não quereis vir a Mim para terdes vida(Yochanan 5:39,40), pois:

A Luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz. Porque? Porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que pratica o mal aborrece a Luz e não se chega para a Luz, a fim de não serem arguidas as suas obras.” Yochanan 3:19,20

Deus é Santo, completamente separado de toda iniquidade! Ele é A Luz, e as trevas não podem prevalecer contra a Luz! (Yeshaiahu 9:1,5; Yochanan Álef 1:5; Yochanan 1:5)

Assim, a própria presença do Deus Santo é condenação para o pecador, levando-o a fugir dEle, jamais conseguindo estar diante de Sua santidade!

“Ah! YHVH, Elohey Israel, justo és, pois somos os restantes que escaparam, como hoje se vê. Eis que estamos diante de Ti em a nossa culpa, porque ninguém há que possa estar na tua presença por causa disto… Então, disseram os homens de Beit-Shemesh: Quem poderia estar perante YHVH, este Deus Santo?” Ezra 9:15; Shmuel Álef 6:20

Para que alguém possa desfrutar da glória de Deus, portanto, é necessário que se humilhe sob a poderosa Mão de Deus, reconhecendo sua miserável condição, e clame a Ele para ter Vida, pois, “todo que invocar o Nome de YHVH será salvo.” Yoel 3:5, uma vez que O Mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que O invocam.” Romim 10:13,12

“Se o Meu povo, que se chama pelo Meu Nome, se humilhar, e orar, e buscar Minha Face, e se voltar dos seus maus caminhos, então, Eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.” Divrey Hayamim Bet 7:14

É necessário entender que o pecado traz morte, isto é, separa o pecador da Vida – YHVH, Elohey Israel! E que esta Vida é completamente separada de toda iniquidade!

Portanto, o próprio Deus Se revelou a Mosheh, dizendo: “YHVH, YHVH, El (Echad – Unidade da Pluralidade!) compassivo, clemente e longânime, e grande em misericórdia e fidelidade… que perdoa a iniquidade, a transgressão e o pecado, ainda que não inocenta o culpado!” Shemot 34:6

Exatamente este caráter Santo e Amoroso do Deus vivo, o Deus de Israel, é manifestado no Seu lidar com a nação de Israel!

 

continua…