Reflexões

Convite do Eterno

No Tanach, entre muitos, há um convite do Eterno para nos achegarmos e, usando nossa capacidade de raciocínio, arrazoarmos com Ele sobre os fatos históricos, isto é, sobre os fatos reais, não meras fábulas engendradas pela imaginação do homem, fatos estes que são o cumprimento de Sua Palavra e o resultado de Sua soberana condução dos eventos humanos, para, então, podermos concluir sobre a natureza do Seu caráter e de Suas Promessas: É Ele realmente Elohey Amen, El emet, o Deus da verdade, ou, não?

Ele nos desafia a analisarmos o Seu caráter provendo-nos com dados suficientes, a Sua Palavra, a qual é tanto profética: história preditivarelatada de antemão, quanto histórica: o relato do cumprimento, real e efetivo, história, daquilo que foi anunciado desde o princípio.

Sua exortação, para aquele que se importa em ouví-Lo, é:

Lembrai-vos das coisas passadas da antiguidade; que Eu Sou Deus (El) e não há outro, Eu Sou El e não há outro semelhante a Mim, que desde o princípio anuncio o que há de acontecer, e desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O Meu conselho permanecerá de pé, farei toda a Minha vontade.” Ieshaiahu 46:9,10

Pelo profeta Micha, diz o Eterno:

“Povo Meu… te fiz sair da terra do Egito e da casa da servidão te remi; e enviei adiante de ti Moisés, Aaron e Mirian.

Povo Meu lembra-te agora do que maquinou Balac, rei de Moav, e do que lhe respondeu Bilam, ben Beor, e do que aconteceu desde Shitim até Gilgal; para que conheças os atos de justiça de JHVH.” Micha 6:4,5

Com esta base de dados, isto é, Sua Palavra proferida de antemão e o cumprimento histórico preciso, somos instados a fazer a escolha, que é vital, exigência à qual o rei David também se submeteu, expressando-a em Tehilim 139 quando, considerando Quem é o Eterno, constatou o pleno e profundo conhecimento que Ele tem de cada ser humano, bem como Sua soberania e concluiu:

Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir.” v6

Então, o que escolher:

Fugir dEle? – Para onde me ausentarei do Teu Espírito? Para onde fugirei da Tua Face? v7, o que é impossível!

ou, 

Fugir para Ele! – Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração: prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo Caminho eterno.” v. 23,24, o que é sábio e plenamente seguro!

O Eterno deseja ter comunhão conosco, como demonstra neste apelo:

Vinde, pois, e arrazoemosdiz JHVH; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã.” Ieshaiahu 1:18

Ele nos convida para irmos a Ele:  Vinde, pois, e arrazoemos” 

Ele nos promete purificação: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã.”

E nos dá Sua garantia, provisão do Seu amor: “Porque a alma da carne está no sangue, e Eu vo-lo tenho dado sobre o altar para expiar pelas vossas almas; porquanto o sangue, ele é que expiará pela alma.” Vaicrá 17:11

 

כִּי נֶפֶשׁ הַבָּשָׂר בַּדָּם הִוא֒ וַאֲנִ֞י נְתַתִּיו לָכֶם עַל־הַמִּזְבֵּחַ לְכַפֵּר עַל־נַפְשֹׁתֵיכֶם

כִּי־הַדָּם הוּא בַּנֶּפֶשׁ יְכַפֵּר

 

Esta é uma promessa maravilhosa – tornar-se branco como a neve, como a lã, por causa da garantia – o sangue provido, por Ele, sobre o altar, o sangue que faz kippur.

Esta promessaSua boa nova, só poderia ser feita e garantida pelo Deus de Israel, Maravilhoso/ !פֶּלֶא

E, o convite, irrecusável, é: vir, arrazoar e tornar-se puro!

Portanto, aceitando este chamado precioso do Eterno, convido-o para, juntos, irmos a Ele e arrazoarmos com Ele, sob Sua direção, com o propósito de conhecermos o Deus Santo e Amoroso e o Seu Plano Eterno para nos buscar, trazer-nos para perto dEle, para gozarmos de Sua comunhão, tendo como fundamento a Sua santa e eterna Palavra, a qual jamais passará.